23 janeiro 2013

PERC (Programa Emergencial de Recuperação da Cidade)

O prefeito Vinícius Camarinha fez hoje, às 10 horas, por meio de coletiva de imprensa, o lançamento do PERC (Programa Emergencial de Recuperação da Cidade) voltado para a pasta da educação
No evento, o primeiro a se pronunciar foi o Presidente da Câmara de vereadores Dr. Luiz Eduardo Nardi que afirmou estar acompanhando de perto todo o processo e apoiando o prefeito nesse grande desafio.
A seguir a Secretária da Educação professora Fabiana Rodrigues Cruvinel deu início a apresentação de um breve panorama sobre a situação da educação em nossa cidade. Disse que gostaria de estar, nesse momento, pensando na educação do "futuro" para a nossa cidade, mas que infelizmente, isso ainda não é possível e que teremos que pensar na educação do "presente". 
Apresentou sua preocupação com o quadro que ela encontrou na Secretaria da Educação, que definiu como "complicado e conflituoso" e que está ansiosa pelo início das aulas e por poder ver equacionada as questões mais emergenciais.
A seguir o Prefeito Municipal Vinícius Camarinha, apresentou aos presentes algumas das medidas para sanear as finanças pública. Agradeceu a população mariliense pela compreensão e apoio a sua gestão.
Os dados apresentados são expressivos. Lembrou que a rede municipal é composta por 50 escolas: 26 EMEI, 05 Berçários, 19 EMEF, totalizando um atendimento de 21 mil alunos.
Desse total, 3.350 alunos são transportados diariamente.
A Prefeitura se responsabiliza pela merenda de 95 escolas (incluindo as Estaduais).
Estão lotados na Secretaria da Educação 2.366 funcionários (quase a metade do total de servidores públicos).
Medidas apresentadas:
Estagiários remunerados: renovação do contrato de trabalho de 140 estudantes e a contratação imediata de 57 novos estagiários, totalizando 197 professores (em formação) atuando nas escolas.
Frota: a frota é composta por 26 ônibus e 24 kombi, mas os veículos estão todos sucateados necessitando de manutenção urgente. Serão investidos para isso 50 mil reais.
Distrito de Padre NóbregaO distrito está localizado a 9 km de distância de Marília com acesso pela rodovia João Ribeiro de Barros (SP-294) com 7.899 moradores entre população rural e urbana,. Devido a falta de planejamento para o atendimento dos estudantes desse local, os alunos são transportados para escolas de Marília. O prefeito anunciou a doação de um terreno de 532 m² para a construção de uma nova escola estadual.
Merenda: Devido a falta de vários gêneros alimentícios, foi autorizada a compra imediata de todos os insumos necessários para o bom funcionamento das escolas. Isso representa um investimento da ordem de quase 500 mil reais. Além disso, como havia problemas com transporte para o abastecimento das escolas, foi autorizada também a manutenção dos veículos da cozinha piloto, além da aquisição de um caminhão refrigerado.
Colchão: Autorizada a compra imediata de 3.000 colchões para berçários e EMEI, resultando em um investimento de 63 mil reais.
Material didático: autorizada a compra imediata dos materiais mais importantes e que estão em falta no almoxarifado da Secretaria. Serão investidos 94 mil reais.
Material de limpeza: O prefeito fez questão de enfatizar que toda essa manutenção "é dever do município". Também foi autorizada a compra imediata de todos os itens de primeira necessidade e que estavam em falta há algum tempo, totalizando um investimento de 50 mil reais.
Material elétrico para manutenção das escolas: entram nessa compra principalmente lâmpadas e reatores (entre outros). Investimento de 62 mil reais.
Uniforme escolar: desde o ano de 2010, os alunos não recebem uniformes. O prefeito enfatizou a importância do uso: identificação da criança, evitar o desgaste de roupas do dia-a-dia e situações constrangedoras como uso de roupas inadequadas no ambiente escolar, igualar as classes sociais pelo menos dentro da escola. Será realizada uma entrega imediata do uniforme de verão e já foi autorizada a licitação do uniforme de inverno.
Equipamentos: algumas escolas estão necessitando de refrigerador, fogão, etc. A compra imediata também foi autorizada. Serão investidos 21 mil reais.
Retomada de obras paralisadas:
- EMEI Bem me quer - 600 mil reais
- EMEI Arco Iris - 169 mil reais
- EMEI Beija Flor - 244 mil reais
- Samba lê lê - 409 mil reais
- Sitio do Pica Pau Amarelo - 378 mil reais
- Branca de Neve - 219 mil reais
- Berçário Nossa Senhora da Glória - 197 mil reais
- Berçário Meu Anjo - 244 mil reais
- Construção de uma EMEI no Jardim Califórnia - 1 milhão e 708 mil reais.
- Total de investimentos: 7 milhões e 714 mil reais.
Mais fotos: