10 julho 2017

Educação adquire 13 e recupera dezenas de veículos escolares em seis meses

Sete novas vans adquiridas pela Prefeitura já chegaram; os seis ônibus serão recebidos pelo município em setembro

A Secretaria Municipal de Educação de Marília confirmou a aquisição de 13 e a restauração completa de oito veículos para o transporte escolar. Outros 55 que fazem parte da frota passaram por revisão e receberam manutenção preventiva, com investimentos do próprio município. A recuperação está entre as prioridades da pasta, responsável pelo deslocamento de 4 mil crianças diariamente pelas ruas, avenidas e estradas rurais do município. A entrega dos novos veículos começou em junho e deve ser concluída até setembro.

O anúncio foi feito pelo prefeito Daniel Alonso e pelo secretário municipal de Educação, professor Beto Cavallari. As conquistas foram garantidas com recursos da própria Secretaria de Educação, por meio do QSE (Quoeficiente do Salário Educação), dentro do planejamento de uma gestão eficiente e transparente.

“Quando iniciamos o trabalho, em janeiro, encontramos a frota escolar situação lastimável, praticamente abandonada pela Prefeitura. Poucos veículos estavam em condições seguras de circulação”, disse o professor Beto Cavallari.

Ele conta que foi feito um levantamento inicial da frota e um planejamento de recursos, e logo os carros foram recolocados para rodar em condições. “Mas isso não bastava: era necessário priorizar o uso de dinheiro público e fazer aquisições de novos veículos e, ao longo do tempo, diminuir os gastos com oficina”, afirma Beto.

Foram compradas sete vans novas completas com capacidade para até 14 crianças, três delas com acessibilidade para alunos cadeirantes. Também foram adquiridos seis ônibus escolares novos, com capacidade para 50 crianças.

Com o reforço, Marília passa a contar com 30 ônibus, nove micro-ônibus, 19 vans e 18 peruas. O prefeito Daniel Alonso lembrou que as melhorias estão sendo feitas com planejamento e responsabilidade. Ele destacou que é desejo da Administração a resolução de todos os gargalos encontrados em janeiro, mas passados os seis meses de trabalho, ele acredita que a população já começa a ser impactada pela eficiência no gasto público.

“A Educação é uma das prioridades, por isso não estamos medindo esforços para garantir a manutenção das escolas, as obras para novas vagas em berçários, a merenda de qualidade (balanceada, com frutas e quatro tipo de carnes) e a segurança no transporte escolar”, disse o prefeito. 

Texto: Carlos Rodrigues
Foto: Mauro Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário