06 junho 2017

Marília participa do I Encontro da Rede de Consórcios Intermunicipais da Educação

Beto Cavallari, durante encontro que discute, na educação, a formação
de uma rede de consórcios
Professor Beto Cavallari foi acompanhado da vereadora professora Daniela e vereadores Maurício Roberto e Albuquerque

Articulação das cidades, para cooperação em áreas estratégicas como Educação, Saúde e Meio Ambiente, além de influência em políticas públicas, podem avançar por meio de consórcios. No interior paulista, muitas cidades já adotam essa estratégia. Apesar de exercer liderança regional, só agora Marília dá os primeiros passos nesse modelo de atuação. 

Na quinta-feira (01), o secretário de Educação, professor Beto Cavallari, foi convidado a participar do I Encontro da Rede de Consórcios Intermunicipais da Educação, em Assis. 

Beto fez parte da mesa-redonda, “Iniciativas de fortalecimento de arranjos de cooperação intermunicipal para a Educação”, com os representantes das Câmaras Técnicas da Educação dos respectivos Consórcios, o fundador e presidente da Oficina Municipal, José Mario Brasiliense Carneiro, e a diretora Executiva do Civap (Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema), Ida Franzoso de Souza.

O objetivo do encontro foi o compartilhamento de experiências dos consórcios participantes, além de visitas a projetos existentes na região que compõe o Civap, um dos consórcios com projetos mais estruturados. Os organizadores também buscam a institucionalização da Rede de Consórcios, propondo às autoridades presentes um plano de ação para a articulação e funcionamento desse novo sistema.

Beto representou o presidente da Undime-SP (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação), professor Luiz Miguel Garcia. Ele destacou que, na área educacional, os municípios que participam de consórcios obtêm não apenas uma redução de custos, ao promover aquisições compartilhadas. 

“A importância dos consórcios para o município vai além da redução dos gastos públicos, também impactando em políticas públicas regionais da educação, alinhamento de procedimentos administrativos das escolas municipais entre outros. Isso significa calendário escolar regional e exigências de aprendizado e documentos comuns para facilitar a transferência de alunos que por um motivo ou outro teve que se mudar de cidade”, disse. 

Acompanharam o secretário a vereadora professora Daniela e os vereadores Maurício Roberto e Albuquerque. Também participaram da reunião prefeitos da região e representantes da Oficina Municipal, da Fundação Itaú Social e do Programa Melhoria da Educação Municipal.

O secretário de Educação de Marília colocou-se à disposição dos prefeitos do Civap, por meio da diretora Executiva do grupo, Ida Franzoso. Beto destacou ainda a participação do Legislativo mariliense e afirmou que o assunto será tema de reunião específica com o prefeito Daniel Alonso, que já sinalizou interesse ao modelo de trabalho.

Texto: Carlos Rodrigues
Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário